|

    Uma tradição centenária

    Paramahansa Yogananda at Mt. Washington Ashram

    Ao longo dos séculos, alcançar o amor perfeito, o entendimento, a bem-aventurança, a plenitude – em uma palavra, a própria Verdade – tem sido o mais profundo anseio do espírito humano. Em todas as grandes religiões sempre há pessoas que escolhem renunciar à vida familiar e às responsabilidades mundanas para se dedicar de modo total e incondicional à busca divina.

    Seguindo essa tradição centenária, os membros da Ordem monástica da Self-Realization Fellowship fazem um voto de renúncia que abrange quatro aspectos: simplicidade, celibato, obediência e lealdade. Nas ordens religiosas tanto no Oriente quanto no Ocidente, tais votos são a base da vida monástica.

    A antiga Ordem dos Swamis, da Índia

    Paramahansa Yogananda e seu guru, Swami Sri Yukteswar, faziam parte da antiga Ordem Monástica dos Swamis, que é tradicional na Índia, reorganizada há alguns séculos por Adi Shankaracharya e continuada até o presente por uma linhagem ininterrupta de mestres veneráveis. Todos os monges da Ordem dos Swamis traçam sua linhagem espiritual a partir do primeiro Shankaracharya. Fazem votos de pobreza (desapego a posses), castidade e obediência ao superior ou autoridade espiritual. Em muitos aspectos as ordens monásticas do cristianismo católico são semelhantes à Ordem dos Swamis, cuja antiguidade é maior. A Ordem tem 10 subdivisões, dentre as quais, o ramo Giri (“montanha”), ao qual Sri Yukteswar e Paramahansa Yogananda pertenciam.

    Monks of the Order meditating in chapelOs membros da Ordem monástica da Self-Realization Fellowship que fazem os votos finais de renunciante também são membros da Ordem dos Swamis. A Ordem monástica da SRF foi fundada por Paramahansa Yogananda no início dos anos de 1930, quando Sri Daya Mata e outros discípulos dedicados manifestaram o desejo de renunciar à vida mundana para se entregar totalmente a Deus. Após o falecimento de Paramahansa Yogananda em 1952, Daya Mata assumiu, entre outras, a responsabilidade de cuidar da Ordem e expandi-la.

    Como líder espiritual da organização, ela supervisionou pessoalmente o desenvolvimento da Ordem da Self-Realization Fellowship. Atualmente há monges e monjas da Ordem residindo nos EUA e também na Europa e na Índia. Eles sentiram o chamado para dedicar sua vida à busca de Deus e ao serviço à humanidade através da obra da Self-Realization Fellowship/Yogoda Satsanga Society of India.


    gold lotus rule

    Ordensgemeinschaft Das tägliche Leben im Ashram As quatro etapas da vida monástica Recebeu o chamado divino? Sannyas
    Ordem Monástica: Apresentação A vida no ashram As quatro etapas da vida monástica Recebeu o chamado divino? Sannyas: Uma vida de consagração monástica
    Copyright © Self-Realization Fellowship. Todos os direitos reservados