|
Sucessão espiritual

 

Sucessão espiritual

Os ensinamentos da Self-Realization Fellowship/Yogoda Satsanga Society of India se baseiam no Cristianismo original ensinado por Jesus Cristo e na Yoga original ensinada por Bhagavan Krishna. A sucessão espiritual da SRF-YSS consiste nestes dois grandes avatares e na linhagem de sublimes mestres da era contemporânea: Mahavatar Babaji, Lahiri Mahasaya, Swami Sri Yukteswar e Paramahansa Yogananda (o último na sucessão de Gurus da SRF-YSS).

 

Cada um destes grandes Mestres desempenhou um papel na missão da Self-Realization Fellowship de trazer ao mundo moderno a ciência espiritual da Kriya Yoga. (Clicar nas fotos para saber mais)

Todos os membros da Self-Realization Fellowship (monásticos e leigos) que receberam a sagrada iniciação em Kriya Yoga são discípulos de Paramahansa Yogananda. Eles o reverenciam e respeitam como seu guru pessoal e também reverenciam a linhagem de Gurus de Paramahansa Yogananda. Ler mais sobre a relação guru-discípulo.

Guru-parampara: a cessão do manto espiritual de um guru

É chamada guru-parampara a cessão do manto espiritual do guru ao discípulo designado para continuar a linhagem espiritual do guru. Paramahansa Yogananda é o último na sucessão direta dos gurus Mahavatar Babaji, Lahiri Mahasaya e Swami Sri Yukteswar. 

Antes de seu falecimento, Paramahansaji expressou que era desejo de Deus que ele fosse o último na sucessão de Gurus da Self-Realization Fellowship. Nenhum discípulo ou líder de sua sociedade jamais assumirá o título de guru. (Este mandato divino não é único na história da religião: depois do falecimento do Guru Nanak, o grande santo que fundou o siquismo na Índia, seguiu-se a sucessão tradicional de gurus. O derradeiro da linhagem declarou que seria o último e que depois dele os próprios ensinamentos deveriam ser considerados como guru.)

Paramahansaji garantiu que depois de partir continuaria trabalhando através da sociedade por ele fundada: a Self-Realization Fellowship/Yogoda Satsanga Society of India. Disse ele: “Quando eu me for, os ensinamentos serão o guru. (…) Por meio dos ensinamentos, vocês estarão em sintonia comigo e com os grandes Gurus que me enviaram.”

Ao ser perguntado sobre a sucessão na presidência da Self-Realization Fellowship/Yogoda Satsanga Society of India, ele respondeu: “Sempre haverá homens e mulheres de realização divina na liderança desta organização. Eles já são conhecidos de Deus e dos Gurus e servirão como meus sucessores espirituais e representantes em todas as questões de ordem espiritual e administrativa.”

Os sucessores do Guru

Rajarsi Janakananda

Paramahansa Yogananda bestowing the vow of sannyas on Rajarsi JanakanandaRajarsi Janakananda sucedeu a Paramahansa Yogananda na presidência da SRF-YSS em 1952. Seu nome de batismo era James J. Lynn. Nasceu em 5 de maio de 1892 em Archibald (Louisiana, Estados Unidos) e conheceu Paramahansa Yogananda durante a série de conferências que o Guru fez em Kansas City em 1932.

Em virtude de seu rápido progresso em Kriya Yoga, Paramahansaji carinhosamente o chamava de “São Lynn”. Em 1951 Yogananda lhe deu o título monástico de Rajarsi Janakananda (lembrando o rei Janaka da Índia antiga, famoso por sua elevada estatura espiritual) e a responsabilidade de guiar a obra da SRF-YSS.

A vida exemplar de Rajarsi Janakananda, um grande iogue ocidental, chegou ao fim em 20 de fevereiro de 1955.

Sri Daya Mata
Sri Daya Mata sucedeu a Rajarsi Janakananda na presidência da SRF-YSS em 1955.

Faye Wright (nome de batismo de Daya Mata) nasceu em Salt Lake City (Utah, Estados Unidos) em 31 de janeiro de 1914. Conheceu Paramahansa Yogananda quando ele se encontrava ali dando palestras e aulas em 1931. Pouco tempo depois ingressou no ashram como monja. Paramahansa Yogananda and Daya Mata

Durante mais de 20 anos Sri Daya Mata fez parte do pequeno círculo de discípulos chegados que constantemente acompanhavam Paramahansaji. Com o passar dos anos ele lhe deu cada vez mais responsabilidades e a nomeou membro do Conselho Diretor da SRF na década de 30, quando ela ainda era bastante jovem. No período final da vida de Yogananda ele a colocou na direção da Sede Central Internacional da SRF e começou a indicar claramente para os discípulos o papel que ela estava destinada a representar no plano mundial. Pouco tempo antes de falecer, ele anunciou: “Minha tarefa está terminada; agora começa a sua.” 

A escolha que Paramahansa Yogananda fez de Sri Daya Mata como futura líder de sua sociedade mundial foi confirmada por Mahavatar Babaji em um encontro que teve Daya Mata com o Mahavatar durante uma peregrinação à Índia em 1962.

Sri Daya Mata faleceu em 30 de novembro de 2010, depois de ter ocupado o cargo de presidente da SRF-YSS por mais de 55 anos.

 Sri Mrinalini Mata

Mrinalini Mata

Sri Mrinalini Mata tornou-se a quarta presidente da SRF/YSS em 7 de janeiro de 2011 e serviu nesse cargo até seu falecimento em 3 de agosto de 2017.

Nascida em 1931 em Wichita, Kansas, Mrinalini Mata encontrou Paramahansa Yogananda em dezembro de 1945 quando tinha 14 anos e pouco depois entrou no ashram do Guru em Encinitas, Califórnia, para se dedicar a uma vida de serviço como monja.

Desce o começo da vida de Mrinalini Mata no ashram, Paramahansaji lhe falou e para outros discípulos acerca do papel que planejava para ela – em especial sua future responsabilidade como revisora das Lições da Self-Realization Fellowship, seus escritos e palestras. “Ela foi destinada para esse trabalho”, disse ele em 1950, numa carta manuscrita a Rajarsi Janakananda. “Deus mostrou isso para mim, quando vi pela primeira vez o seu espírito.”

Além de servir por décadas como revisora-chefe das publicações da SRF/YSS, Sri Mrinalini Mata também ocupou o cargo de vice-presidente da SRF por 45 anos, ajudando de perto Sri Daya Mata na orientação geral da ordem monástica da SRF/YSS e supervisionando as numerosas atividades e serviços da organização em todo o mundo.

Saiba mais sobre Sri Mrinalini Mata.

Irmão Chidananda

Brother Chidananda

Em 30 de Agosto de 2017, Irmão Chidananda sucedeu Sri Mrinalini Mata como o quinto presidente da SRF/YSS.

Irmão Chidananda é monge da Self-Realization Fellowship (SRF) há 40 anos e membro dos Conselhos de Diretores da SRF e da YSS desde 2009. Quase desde o começo de sua vida monástica, ele trabalhou junto a Sri Mrinalini Mata, recebendo seu treinamento permeado de sabedoria em sintonia com o Guru, enquanto a ajudava na revisão e publicação das obras de Paramahansa Yogananda e outras publicações da SRF. Após o falecimento de Mrinalini Mata, ele foi eleito presidente pelo Conselho de Diretores da SRF, de acordo com a vontade expressa de Sri Daya Mata e Sri Mrinalini Mata. Além de seu papel como presidente da organização, Mrinalini Mata o indicou para ser o Revisor-Chefe das publicações da Self-Realization Fellowship após o falecimento dela.

Saiba mais sobre Irmão Chidananda.

 
Copyright © Self-Realization Fellowship. Todos os direitos reservados