|

A SRF anuncia seu novo presidente

Irmão Chidananda é eleito presidente e líder espiritual da SRF/YSS

5 de setembro de 2017

Brother Chidananda Elected President and Spiritual Head of SRF/YSS     
 

O Conselho de Diretores da Self-Realization Fellowship tem a alegria de compartilhar com vocês a notícia de que o Irmão Chidananda foi eleito presidente e líder espiritual da Self-Realization Fellowship/Yogoda Satsanga Society of India, sucedendo Sri Mrinalini Mata que ocupou esse cargo de janeiro de 2011 até seu falecimento no mês passado. Ele foi eleito por unanimidade pelo Conselho de Diretores da SRF nesta quarta-feira, 30 de agosto de 2017.

Antes de sua morte em 2010, Sri Daya Mata, então presidente da SRF, expressara a Mrinalini Mata a convicção de que o Irmão Chidananda sucederia a própria Mrinalini Mata como presidente e líder espiritual da SRF/YSS. Mrinalini Mata afirmou isso alguns meses antes do seu próprio falecimento em 3 de agosto de 2017, e comunicou ao Conselho de Diretores estar de acordo com a recomendação de Daya Mata.

Irmão (Swami) Chidananda tem sido monge da Self-Realization Fellowship (SRF) há 40 anos e membro dos Conselhos de Diretores da SRF e da YSS nos últimos oito anos. Quase desde o começo de sua vida monástica ele trabalhou com Sri Mrinalini Mata, recebendo seu treinamento permeado de sabedoria e em sintonia com o Guru, enquanto a ajudava na revisão e edição das palavras de Paramahansa Yogananda e em outras publicações da SRF. 
  

Um despertar para servir a Deus e à obra da SRF

Nascido em 1953 em Annapolis, Maryland, seu primeiro encontro com os ensinamentos de Paramahansa Yogananda e sua obra da Self-Realization Fellowship se deu em Encinitas, no começo da década de 1970, quando era estudante de sociologia e filosofia na Universidade da Califórnia, em San Diego. Atraído por seu longo interesse na espiritualidade da Índia, Irmão Chidananda visitou o Ashram da SRF em Encinitas, ao norte do campus da universidade, um ponto de referência familiar a muitos estudantes que moravam nas comunidades litorâneas adjacentes.

Alguns meses depois, deparou-se com uma cópia da Autobiografia de um Iogue e foi instantaneamente cativado pela grande sabedoria e consciência divina que se expressavam naquelas páginas. Durante seu último ano na universidade, inscreveu-se para receber as Lições da Self-Realization Fellowship e começou a frequentar os serviços da SRF em Encinitas. Ele se sentiu profundamente inspirado pelas palestras do Irmão Anandamoy, que era o ministro do templo naquela época, e também se beneficiou de seu aconselhamento pessoal. Foi nesse ambiente sagrado – tão permeado com as vibrações de Paramahansaji – que ele foi profundamente influenciado pelos monges e monjas que ali viviam, e o desejo de dedicar sua vida inteiramente à busca de Deus e ao serviço à obra de Paramahansa Yogananda como discípulo monástico despertou quase que imediatamente.

Irmão Chidananda entrou no ashram de postulantes monásticos em Encinitas em 19 de novembro de 1977, e lá passou um ano e meio sob a orientação estrita e amorosa do Irmão Premamoy, o santo tutor e responsável pelo treinamento dos jovens monges. Foi o Irmão Premamoy quem sugeriu a Sri Mrinalini Mata que considerasse a ideia de aceitar esse jovem monge no Departamento Editorial da SRF. Em abril de 1979, após concluir seu treinamento de postulante, Irmão Chidananda foi transferido para a Sede Internacional da SRF em Mount Washington, e foi imediatamente designado ao trabalho editorial no Departamento de Publicações, servindo sob a direção de Mrinalini Mata e sua corredatora-chefe, Sahaja Mata, ambas as quais tinham sido pessoalmente treinadas pelo Guru para revisar seus escritos e palestras a ser futuramente publicados.

Pouco após o falecimento de Sahaja Mata em 1996, Irmão Chidananda foi indicado pela então presidente Sri Daya Mata para o Conselho Internacional de Publicações da SRF/YSS, no qual ele serviu em estreita colaboração com Daya Mata e Mrinalini Mata até o falecimento da primeira, em 2010. Durante esse tempo, ajudou essas duas veneráveis discípulas diretas na preparação e publicação de muitas obras, incluindo-se os volumosos comentários de Paramahansaji sobre as escrituras (God Talks With Arjuna: The Bhagavad Gita e A Segunda Vinda de Cristo: A ressurreição do Cristo interior), bem como todas as outras publicações da SRF lançadas a partir de 1980 até hoje. Após anos recebendo de Daya Mata, Mrinalini Mata e Sahaja Mata um treinamento progressivamente mais profundo, ele foi designado por Mrinalini Mata para sucedê-la após seu falecimento, como redator-chefe das publicações da SRF/YSS.

Em 1997, Irmão Chidananda recebeu de Sri Daya Mata os votos finais de sannyas. Seu nome monástico Chidananda significa “bem-aventurança (ananda) por meio da infinita Consciência Divina (chit)”. Ministro ordenado da Self-Realization Fellowship, ele tem compartilhado os ensinamentos de Paramahansa Yogananda em visitas monásticas e programas de retiro nos Estados Unidos, Canadá, Europa e Índia – bem como na Convocação Mundial da SRF realizada anualmente em Los Angeles. Em 2009, foi indicado por Sri Daya Mata para membro dos Conselhos de Diretores da SRF e da YSS, e também serviu por muitos anos na comissão de supervisão que fiscaliza as múltiplas atividades e operações da SRF sob a direção da presidente.

 

 “Buscar juntos a Deus como o único Amado de nossas almas…”

Falando aos discípulos monásticos da SRF depois que sua eleição foi anunciada, Irmão Chidananda disse:

“É com humildade e consciência de que Gurudeva Paramahansa Yogananda será sempre o líder desta organização que peço as orações e a ajuda de todos vocês enquanto procuro atender ao pedido de nossas amadas Sri Daya Mata e Sri Mrinalini Mata para seguir em frente acompanhando seus passos. O compromisso delas de ser um canal puro do amor de Gurudeva – o divino exemplo de procurar sintonizar cada pensamento, decisão e ação com a vontade e orientação dele – tem sido a minha inspiração durante toda a minha vida no ashram; e é com um sentimento de responsabilidade sagrada que espero servir a esta grande obra de Deus e dos Gurus nos anos à frente, confiando na ajuda, nas orações, na boa vontade e na amizade divina de todos vocês.

“Cada um de vocês é um discípulo escolhido do Mestre, e eu tiro o pó de seus pés no reconhecimento de que é somente como uma família espiritual unida dos chelas de Gurudeva que podemos, juntos, continuar a promover esta grande obra da SRF/YSS, no mesmo espírito de divino amor, alegria e autoentrega – buscando Deus, como o único Amado de nossas almas, nesse espírito que nosso Guru nos impôs e o qual, profetizou ele, seria a vida e a força de sua organização por todos os tempos vindouros. Jai Guru! Jai Ma!”

Para a família espiritual da SRF/YSS em todo o mundo, Irmão Chidananda deseja transmitir a seguinte mensagem:

“Meus queridos: no amor de Deus e do Guru saúdo a todos vocês e peço as contínuas bênçãos Deles a todos nós enquanto trilhamos este abençoado caminho de meditação de Kriya Yoga e vivemos em sintonia com o Ser Divino que Paramahansa Yogananda nos trouxe. Em nome dele, sinto-me humildemente grato pela oportunidade de servir a todos vocês, como também se sentem todos os monges e as monjas nos ashrams da SRF/YSS. Como um grupo mundial de almas que buscam a Deus – seja como discípulo leigo, seja no caminho monástico – vamos nos unir, agradecidos pelas bênçãos espirituais destes ensinamentos e decididos a aprofundar nosso próprio sadhana e a comunhão interior com Deus e os Grandes Gurus. Que cada um de vocês sinta Suas bênçãos incessantes. Jai Guru!”

  

Copyright © Self-Realization Fellowship. Todos os direitos reservados