|

Primeiro-ministro da Índia encontra-se com Monges da YSS

Entrega de uma mensagem de Sri Mrinalini Mata

  Prime Minister of India Meets With YSS Monks
 

Da esquerda para a direita: Swami Smaranananda, o primeiro-ministro indiano Sri Narendra Modi, Swami Nityananda, Swami Ishwarananda e Sri Bhupender Yadav, membro do Parlamento.

Em 4 de março de 2016, o primeiro-ministro da Índia, o Ilustre Sri Narendra Modi, encontrou-se com o secretário-geral da Yogoda Satsanga Society of India (nome pelo qual o trabalho de Paramahansa Yogananda é conhecido na Índia).

O encontro ocorreu na sala do primeiro-ministro no Parlamento, em Nova Delhi. Além de Swami Smaranananda (secretário-geral da YSS), dois outros monges da YSS estavam presentes: Swami Nityananda e Swami Ishwarananda (membro do Conselho de Diretores da YSS).

Os monges trouxeram ao primeiro-ministro Modi a notícia do iminente centenário do trabalho de Paramahansa Yogananda na Índia, o qual teve início em 1917; e falaram de seu papel pioneiro em promover um entendimento mais profundo da Yoga tanto dentro quanto fora da Índia. Eles também entregaram ao primeiro-ministro uma carta da presidente da SRF/YSS, Sri Mrinalini Mata, na qual ela expressou seu reconhecimento pelo papel do primeiro-ministro na criação do Dia Internacional da Yoga, nas Nações Unidas, agora observado anualmente em 21 de junho.

O primeiro-ministro Modi propôs a ideia de um Dia Internacional da Yoga às Nações Unidas em setembro de 2014, dizendo: “A yoga é um presente inestimável da antiga tradição indiana. Corporifica a unidade entre a mente e o corpo; o pensamento e a ação; o controle e a plenitude; a harmonia do homem com a natureza; uma abordagem holística para a saúde e o bem-estar.” Aceitando sua proposta, a ONU adotou a resolução, com um récorde de 175 países patrocinando a iniciativa — o mais alto número de apoiadores na história da organização.

Em sua carta ao primeiro-ministro, Sri Mrinalini Mata escreveu:

“Como fervoroso praticante da yoga e da espiritualidade indiana, o senhor talvez já conheça a vida e os ensinamentos de Sri Sri Paramahansa Yogananda, autor do clássico espiritual Autobiografia de um Iogue. Embora tenha passado grande parte de seu tempo no Ocidente, difundido a antiga ciência indiana da meditação iogue para alcançar a experiência pessoal e direta de Deus, Paramahansaji sempre nutriu no coração um profundo amor pela Índia e deixou sua forma física enquanto dizia palavras de seu poema “Minha Índia”. Um de seus objetivos era o de promover a unidade entre Oriente e Ocidente e, através dos anos, buscadores de muitos credos e nacionalidades têm sido atraídos à sua mensagem universal. Ele predisse que um dia a mensagem da yoga circundaria o globo e ajudaria a estabelecer a paz mundial sobre o alicerce da percepção direta que a humanidade terá do único Deus. Fiquei, pois, muito satisfeita quando o senhor propôs a instituição do Dia Internacional da Yoga, o que foi depois, em um tempo muito curto, adotado como uma resolução das Nações Unidas por um número récorde de nações. Foi animador observar pessoas do mundo inteiro reunindo-se em grandes grupos para praticar no primeiro Dia Internacional da Yoga, em 21 de junho de 2015. Estou certa de que tal participação nesse importante evento anual não só crescerá com o passar do tempo como, gradualmente, ajudará a elevar a consciência da civilização em geral. (...)

“Em nome da Yogoda Satsanga Society of India/Self-Realization Fellowship, envio ao senhor meus afetuosos votos e orações para que Deus o guie e abençoe no trabalho que está fazendo pelo bem-estar e a elevação da Índia.”

Os monges da YSS também presentearam o primeiro-ministro com traduções da Autobiografia de um Iogue de Paramahansa Yogananda em sânscrito e em gujarati (ele é natural de Gujarat), a tradução e o comentário de Yogananda do Bhagavad Gita, God Talks With Arjuna, uma gravura emoldurada de Bhagavan Krishna em postura de meditação e também uma doação para o seu Fundo Nacional de Assistência.

Copyright © Self-Realization Fellowship. Todos os direitos reservados