|
Em Memória: Irmão Abhedananda (1926-2016)
23 de junho de 1926

Brother AbhedanandaIrmão Abhedananda, ministro da Self-Realization Fellowship e monge dedicado por mais de 60 anos, faleceu em paz no Ashram da Self‑Realization Fellowship em Encinitas, em 20 de abril de 2016. Em seus diversificados serviços à obra de Paramahansa Yogananda por muitas décadas, Irmão Abhedananda inspirou inúmeras almas de muitos países com seu ministério e sábio conselho, seu profundo conhecimento de yoga e meditação e sua completa dedicação a Deus.

Irmão Abhedananda nasceu em 30 de junho de 1926, em Strasbourg, na França, e foi batizado como Bernard Tesniere. Seu pai era um notável professor de linguística na universidade; sua mãe, professora na escola secundária. Foi em 1950, enquanto estudava medicina na Universidade de Montpellier, no sul da França, que ele viu, na vitrine de uma livraria, uma cópia da Autobiografia de um Iogue, que acabara de ser publicada na França. Ele contou depois que, ao fitar os olhos de Paramahansaji na fotografia do livro, este pensamento imprimiu-se com força em sua mente: “Ele sabe do que está falando. Ele o levará a Deus, se é isto que você quer.” Pouco tempo depois, o Irmão escreveu uma carta a Paramahansa Yogananda, expressando sua felicidade com o que havia lido e a sinceridade com que desejava abraçar o caminho monástico como discípulo, no ashram da SRF. Paramahansaji respondeu — coincidentemente no dia do aniversário do Irmão (30 de junho de 1950) ‑ com uma carta que incluía esta passagem:

“Meu querido, sua carta me comoveu profundamente. Estou feliz porque minha autobiografia inspirou em seu coração um anseio maior por Deus, pois somente buscando-O a pessoa encontra finalmente a realização pela qual a alma se esforça através das encarnações. Seu desejo de abandonar tudo e dedicar sua vida a Deus é realmente louvável (...).”

Paramahansaji também pediu que o Irmão concluísse o curso de medicina antes de entrar no ashram e paralelamente reservasse tempo para meditar todos os dias e estudar os ensinamentos. Obediente, o Irmão seguiu as instruções do Guru, diplomando-se como Doutor em Medicina em 1953. Em 1954 —dois anos após o mahasamadhi do Guru — viajou para os Estados Unidos e entrou na ordem monástica da Self‑Realization Fellowship.

A orientação previdente de Paramahansaji mostrou-se de grande valor, pois durante seus anos no ashram a habilidade de Irmão Abhedananda, não apenas em medicina, anatomia e fisiologia, mas também em idiomas, capacitou-o a prestar um grande serviço ao trabalho da SRF. Ele escreveu artigos sobre yoga para a revista Self-Realization e ajudou as revisoras da SRF (Tara Mata, Mrinalini Mata e Sahaja Mata) fornecendo uma base científica para diversos aspectos dos ensinamentos de Paramahansaji. Em sua formação clássica antes de entrar no ashram, ele aprendera grego, latim, inglês e alemão, além de sua língua materna, o francês; e em anos subsequentes também desenvolveu um conhecimento funcional de espanhol, italiano, português e sânscrito. Além de desempenhar um papel fundamental na tradução das publicações da SRF para o francês durante décadas, ele viajou por muitos lugares para dar assistência aos centros e grupos da SRF na Europa e na América Latina, onde seu talento linguístico bem como seu profundo conhecimento dos ensinamentos da SRF fizeram dele um representante maravilhoso e muito querido.

Em 1970 ele recebeu de Sri Daya Mata os votos finais de renúncia (sannyas), quando adotou o nome monástico de “Abhedananda” (“bem-aventurança por meio da identidade com o Absoluto”) no ramo Giri da antiga Ordem dos Swamis. Através dos anos cumpriu diversas responsabilidades no trabalho da Self‑Realization, servindo inicialmente na Sede Central e depois em Encinitas, onde ajudou Irmão Premamoy no treinamento espiritual dos jovens monges postulantes e serviu como ministro do Templo da SRF em San Diego.

Até o fim da vida o Irmão transpirava doçura e espiritualidade, nascidas de uma vida inteira de dedicação a Deus e ao Guru, e nunca perdeu aquele piscar de olhos que era sua característica especial. Sri Mrinalini Mata, presidente da SRF/YSS, dirigindo-se à comunidade monástica da SRF, prestou tributo a este monge leal e dedicado com estas palavras:

“O desejo sincero de fazer a vontade de Gurudeva, com o qual Irmão Abhedananda começou seu relacionamento com o Mestre, caracterizou sua vida e seu serviço ao longo dos anos e permitiu que Deus e o Guru usassem suas habilidades de muitas maneiras. Embora nunca tenha se encontrado com o Mestre em forma física nesta vida, ele certamente recebeu uma bênção ainda maior ao obedecer sem hesitar o pedido de seu guru [para concluir o curso de medicina]. Com que alegria Guruji agora o recebe no reino da luz, além deste mundo, como um discípulo amado cuja lealdade e dedicação firmes resistiram ao teste do tempo (…).

“Aqueles que, como ele, vivem com pureza para Deus e o Guru, tocam a vida dos outros e deixam atrás de si pegadas espirituais para que eles as sigam. Junto-me a vocês para enviar à alma de Irmão Abhedananda nosso eterno amor e gratidão, e oro para que o exemplo dele os incentive no caminho para Deus que todos palmilhamos juntos e que nos levará por fim a uma jubilosa reunião Nele.”
 
Copyright © Self-Realization Fellowship. Todos os direitos reservados