|
O propósito da vida

Trechos das obras de Paramahansa Yogananda

Mulher e o cisne A humanidade está empenhada em uma eterna busca daquele “algo mais” que, segundo espera, vai trazer felicidade completa e sem fim. Para as almas que procuraram e encontraram Deus, a busca terminou: Ele é esse “Algo Mais”.

 

Muitas pessoas talvez duvidem que encontrar Deus seja o propósito da vida; mas todas aceitariam a ideia de que o propósito da vida é a felicidade. Eu digo que Deus é Felicidade; Ele é Bem-aventurança; Ele é Amor; Ele é felicidade que jamais desaparece da alma. Portanto, por que não se esforçar por essa Felicidade? Ninguém mais pode dá-la a você. Cultive-a sempre.

 

Mesmo que a vida lhe desse tudo que você desejasse de uma só vez – riqueza, poder, amigos – depois de algum tempo você se sentiria novamente insatisfeito e precisaria de algo mais. Mas há uma coisa que nunca o cansará: a felicidade. Uma felicidade maravilhosamente variada mas imutável em sua essência é a experiência interior que todos desejam. Na verdade, a alegria permanente e sempre-nova é Deus, e quando você a encontra interiormente, a encontrará também nas coisas externas. Quando você estabelecer contato com Deus, terá realmente conseguido se ligar à própria Fonte da bem-aventurança perene e infinita.

Suponhamos que você seja castigado por não lhe permitirem dormir quando precisa desesperadamente descansar e de repente alguém diz: “Bem, agora você pode ir dormir”. Imagine a felicidade que você sentiria um instante antes de adormecer. Multiplique esta sensação um milhão de vezes e nem mesmo isso consegue descrever a alegria que se tem na comunhão com Deus.

 

A alegria divina é ilimitada, perene e sempre-nova. Nem o corpo, nem a mente, nem qualquer outra coisa podem perturbá-lo quando você está nesse estado de consciência. Tal é a graça e a glória do Senhor! Ele explicará tudo o que você ainda não entendeu, tudo o que você deseja saber.

 

Quando você se senta e mergulha no silêncio da meditação profunda, é inundado pela alegria que vibra em seu interior e que não é causada pelos estímulos externos. A alegria da meditação é irresistível. Quem não experimentou o silêncio da autêntica meditação não sabe o que é a verdadeira alegria.

 

Quando mente e sentimentos se interiorizam, você começa a sentir a alegria divina. Os prazeres sensoriais dos sentidos não duram; mas a alegria de Deus é eterna. É incomparável!

 

Pouquíssimas pessoas sabem o quanto se pode desfrutar da vida quando a vivemos de modo adequado, sábio e econômico. Aproveitemos o tempo: a vida costuma se esgotar antes que consigamos despertar e por isso não compreendemos o valor do tempo imortal que Deus nos concedeu.

 

Não desperdice tempo na ociosidade. Muitos gastam seu tempo em atividades completamente fúteis. Quando lhes perguntam o que fizeram, em geral respondem: “Ah, estive ocupado o tempo todo!” Apesar disso, mal conseguem lembrar por que estiveram tão ocupados!

 

A qualquer momento você pode ter que abandonar este mundo e terá que cancelar todos os compromissos. Então por que dar prioridade a qualquer outra atividade, ficando sem tempo para dedicar a Deus? Isso não é sensato. A razão pela qual nos enredamos nos interesses humanos e esquecemos de Deus é maya, a rede de ilusão cósmica que nos rodeia.

 

Quando estamos em sintonia com Deus, nossa percepção se torna ilimitada, podendo ir a qualquer lugar do caudal oceânico da Divina Presença. Quando conhecemos o Espírito e temos consciência de que somos Espírito, não existe praia nem mar, terra nem céu: tudo é Ele. A fusão de tudo no Espírito é um estado que ninguém consegue descrever. Sente-se uma bem-aventurança infinita: a plenitude eterna da alegria, da sabedoria e do amor.

 

O amor de Deus, o amor do Espírito, é um amor inebriante. Depois que você o provar, será cada vez mais conduzido aos domínios do eterno. Esse amor jamais será arrebatado do seu coração; ali arderá e nessa chama você encontrará o grande magnetismo do Espírito que atrai os outros a você e também atrai qualquer coisa que você realmente precise ou deseje.

Na verdade, posso afirmar que todas as minhas perguntas foram respondidas não pelo homem, mas por Deus. Ele é. Ele é. É Seu espírito que fala através de mim. Falo de Seu amor. Onda após onda de vibrante alegria! Como doce brisa, Seu amor envolve a alma. Dia e noite, semana após semana, mês após mês, ano após ano, continua crescendo e não se sabe onde está o fim. E isso é o que você anseia por experimentar, o que cada um busca. Você pensa que deseja amor humano e prosperidade, mas no fundo de ambos se encontra o Pai, que o chama. Se você se conscientizar de que Ele é infinitamente superior a seus dons, certamente O encontrará.

 

O ser humano veio ao mundo exclusivamente para aprender a conhecer Deus; não há outra razão para sua permanência ali. Esta é a verdadeira mensagem do Senhor. A todos os que O buscam e amam, Ele fala da Vida sublime onde não há dor ou velhice, guerra ou morte: apenas eterna segurança. Nesta Vida nada é destruído. Nela só há uma felicidade inefável que jamais fenece; uma felicidade sempre nova.

Portanto, vale a pena buscar a Deus. Todos os que sinceramente O buscam seguramente O encontrarão. Os que anseiam por amar a Deus e entrar em Seu reino; que desejam conhecê-Lo do mais profundo do coração, sem dúvida O encontrarão. Dia e noite você deve ter uma vontade cada vez mais intensa de conhecer a Deus. Em reconhecimento por seu amor, Ele cumprirá a promessa feita por toda a eternidade e você sentirá então alegria e felicidade sem fim. Tudo é luz, tudo é alegria, tudo é paz, tudo é amor. Tudo é Ele.

Aprofundamento do tema
Copyright © Self-Realization Fellowship. Todos os direitos reservados